Saber transformar um simples clique em uma imagem de dar água na boca é uma das coisas mais gratificantes da fotografia de gastronomia, seja você um fotógrafo profissional ou um entusiasta da #foodgram. E encontrar o ângulo perfeito para mexer com os sentidos de quem vê é grande parte desse processo. Mas existe um ângulo certo para isso?

Já falei sobre isso lá no nosso Instagram (já segue o @corafoodagency por lá?), e a resposta é: não. A sua criatividade é quem tem que ditar a sua fotografia, mas saber os passos básicos pode te ajudar a despertar o artista que vive dentro de você. Afinal, até para quebrar as regras é preciso conhecê-las! 

Como escolher o melhor ângulo para fazer uma foto?

Esse processo vem com experiência e muitos testes, e decidir onde posicionar sua câmera vai ficar mais natural com o tempo. Mas é claro que existem alguns pontos a serem levados em conta. Qual é o alimento a ser fotografado, como ele está servido, e como a foto será usada, por exemplo, são alguns dos fatores que vão influenciar a sua decisão. 

Separei aqui os 3 ângulos mais usados na fotografia de alimentos para você conhecer, explorar, e ter uma base para se aventurar e criar.

TOP VIEW ou angulo de 90°

Também chamado de 90°  ou visão aérea, esse é o ângulo onde você fotografa exatamente de cima do objeto, criando uma visão direta de cima para baixo. Nesta vista você vê todos os componentes da foto achatados em uma profundidade só. 

É ótimo para fotografar alimentos mais achatados, como pizzas ou travessas; se você quer visualizar diversos itens de uma mesa; ou até caso criar composições com vários componentes, como um food pattern, por exemplo.

LEVEL EYE, straight on ou angulo de 0°

É a visão dos olhos como se você estivesse olhando o alimento exatamente de frente. É também conhecido como straight on ou 0°. Nesse ângulo você consegue visualizar diversas camadas de um objeto, e é muito usado para hambúrgueres, por exemplo.

O level eye funciona bem quando a face lateral do alimento é o chamariz ou quando você quer, por exemplo, ter a visão de algo pingando ou quer alguma outra ação como ponto focal. É um ângulo que atiça a visão e a imaginação de quem vê.

Angulo de 45°

Esse ângulo simula a visão que temos quando sentamos à mesa para comer, criando um olhar mais “natural” do alimento. É muito usado quando você quer mostrar tanto o topo quanto a lateral do objeto, como um bolo por exemplo. 

É um dos ângulos mais comuns da fotografia de gastronomia e é excelente para mostrar detalhes e dar profundidade ao olhar em um prato ou uma mesa. Alimentos em bowls ou em louças mais fundas são um outro exemplo de itens que são muito valorizados pelo ângulo de 45°.

Gostou desse conteúdo? Clique aqui pra conferir outros posts do nosso blog!

Quer aprender tudo sobre a fotografia de alimentos?

Curso 100% online, de fotografia de alimentos!